Pular para o conteúdo

Polícia & Bombeiros

- Paraguaçu

Agressão chocante a mulher em via pública resulta na prisão de homem em Paraguaçu

30 de abril de 2024

A loja ABC da Construção possui as melhores ofertas e promoções semanais para construir ou reformar. São diversos itens com preços acessíveis, para deixar qualquer ambiente mais sofisticado. ABC da construção fica na Av. Ver. Nelson Elias, 1355 na entrada de Guaxupé, no Japy. Tel/whats (35)3406-2497.

Incidente de violência doméstica em bairro residencial de Paraguaçu mobiliza população e forças de segurança.

No último domingo, em um episódio alarmante de violência urbana, uma mulher foi vítima de uma agressão brutal cometida por um homem em plena via pública, no bairro Parque São Lucas, na pacata cidade de Paraguaçu, Minas Gerais. A cena de agressão, presenciada por moradores locais, instigou a comunidade a chamar as autoridades para conter a violência desenfreada que rompeu a tranquilidade do bairro.

De acordo com as informações fornecidas pela Polícia Militar, o agressor atacou a vítima com chutes e socos, chegando a utilizar uma técnica nociva conhecida popularmente como “mata-leão”. A vítima, em visível desespero, implorava pelo fim das agressões, enquanto a situação se agravava.

A rápida resposta das forças de segurança foi crucial. Quando o agressor percebeu a chegada da viatura policial, tentou fugir do local, mas em um desfortúnio, tropeçou e caiu, o que permitiu aos oficiais efetuar a detenção. Enquanto isso, a mulher agredida foi imediatamente assistida e encaminhada ao pronto socorro municipal para receber os primeiros socorros e o atendimento médico necessário.

O homem responsável pelo ato foi levado ao plantão da Polícia Civil em Alfenas, onde, após ser ouvido pelas autoridades, teve sua prisão em flagrante decretada, começando a responder legalmente por seus atos. O caso ressaltou a importância da vigilância e da denúncia em situações de violência, realçando o papel vital de toda a sociedade na salvaguarda dos direitos e segurança dos cidadãos, em especial das mulheres, frequentemente vítimas de abusos e violência doméstica.

Por Pedro Alencar Azevedo (@pedrinhominasacontece)