Pular para o conteúdo

Polícia & Bombeiros

- Guaranésia

Presídio Guaranésia-Guaxupé inaugura Galpão de Trabalho para Indivíduos Privados de Liberdade

16 de maio de 2024

A loja ABC da Construção possui as melhores ofertas e promoções semanais para construir ou reformar. São diversos itens com preços acessíveis, para deixar qualquer ambiente mais sofisticado. ABC da construção fica na Av. Ver. Nelson Elias, 1355 na entrada de Guaxupé, no Japy. Tel/whats (35)3406-2497.

Espaço é destinado para promover ressocialização de detentos e a remição de pena.

O presidente da Câmara, Danilo Martins, e o vice-presidente da Casa, Paulo Rogério Leite Ribeiro, participaram da inauguração do Galpão de Trabalho no Presídio Guaranésia- Guaxupé, na manhã desta quinta-feira (16). O espaço foi criado com finalidade de garantir o exercício de atividades laborais pelos Indivíduos Privados de Liberdade (IPL) que cumprem pena no Presídio de Guaranésia/Guaxupé. Os dois principais objetivos da construção deste galpão é a ressocialização do IPL e a remição de pena.

O evento de inauguração foi acompanhado por autoridades das forças de Segurança Pública, além do prefeito Dr. Heber, do prefeito de Guaranésia, Laércio Nogueira, do prefeito de Nova Resende, José Roberto Rodrigues e da juíza da Vara Criminal da Comarca de Guaxupé, Cristiane Vieira Tavares Zampar.

As obras tiveram início em agosto de 2021 e foram realizadas com verbas pecuniárias e verba da Prefeitura de Guaxupé, com autorização da Câmara de Guaxupé. Foi utilizada mão de obra carcerária e também mão de obra especializada. Inicialmente serão geradas 35 vagas, mas a expectativa é de atingir 60 vagas de trabalho para os IPL’s.

O objetivo da ressocialização pelo trabalho é auxiliar os condenados a enfrentarem um dos maiores obstáculos após adquirirem a liberdade: o ingresso no mercado de trabalho.

A maioria dos IPL’s chegam ao cárcere com baixa escolaridade e pouca ou nenhuma experiência profissional. Somando-se a isso, o estigma que a sociedade ainda tem em relação aos condenados, dificulta assim a conquista de um emprego.

A atividade laboral deve proporcionar aos detentos o aprendizado de algum ofício, para que assim eles tenham conhecimento e experiência profissional quando retornarem ao convívio social.

O trabalho proporciona ao condenado outros benefícios, como maior condicionamento psicológico, comprometimento social e formação da personalidade. Também ajuda a evitar o ócio, prevenindo as rebeliões e as organizações criminosas dentro das prisões. Além disso, por ser remunerado, o trabalho permite ao condenado dispor de algum dinheiro para ajudar nas necessidades da família.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Guaxupé